Mensagem

Mensagem do Presidente da Direcção

 Amigos

 Ano lectivo 2011-2012

 Desejamos a todos Associados Um bom ano lectivo.

 Novo trajeto vai começar, é necessário dar Paz aos docentes, precisamos gerir a sala de aula, organizar as lições como material adequado, da forma rentabilizar o tempo, deixem os docentes, a terem ideias de como gerir os tampos livres  e utilizar  meios de suporte do seu bem estar pessoal e profissional.

Vem tempos dificeis para as familias e os docentes tem estar sobre aviso no sentido de apoiar os alunos que se vão apresentar com dificulades de vários níveis, precisamos estar em alerta e ter a consciência e sensilidade para os problemas sociais e também da comunidade educativa nomeadamente no corpo discente, assim, deixem os docentes em paz.

O dilema "deixem os docentes em Paz" significa, deixem a burocracia de parte, a gestão do docente na sala aula deve ir ao encontro do aluno e não do interesse pessoal do ministério da Educação.

Um abraço para todos e um bom ano lectivo

 

 ______________________________________________________________________________________________________________________________

 

 2003

  •  Ao aceitar este desafio de candidatar-me ao cargo para que fui eleito, fi-lo consciente das dificuldades que eu e os restantes companheiros desta missão, vamos enfrentar, num tempo em que a disponibilidade para o associativismo é cada vez menor e num momento que se nos afigura conturbado para a nossa profissão.

  •  No entanto, a experiência colhida de, enquanto professores, permanentemente aceitarmos desafios, constituiu um alento para a nossa candidatura na convicção de que se não o fizéssemos estaríamos a trair uma causa à qual temos dispensado grande parte das nossas vidas.

  • É portanto com grande sentido de responsabilidade que nos propomos revitalizar a nossa Associação e relançá-la, numa perspectiva de estarmos presentes em todos os processos decisórios que envolvam a generalidade os Profissionais de Educação Física, tentando dessa forma pugnarmos pela dignificação da sua imagem e contribuir para o aumento das suas competências.

  • Contamos para isso com o envolvimento de todos, cientes de que se não nos unirmos em torno desta causa comum, dificilmente conseguiremos atingir os objectivos atrás enunciados.  

  • Por último, cada vez mais temos de nos unir para que a nossa Profissão  seja cada vez mais Forte.

                Termino com uma saudação amiga para todos os colegas.

    Aveiro, 28 de Abril de 2003