Desemprego de professores

08-12-2010 20:18

 

 Se ao fim das áreas curriculares não disciplinares (ACND) (no segundo ciclo ainda são em par pedagógico), associarmos a passagem das direcções de turma, do desporto escolar, das reduções dos coordenadores de departamento, das horas das assessorias, das horas do plano tecnológico da Educação para a componente não lectiva dos professores, teremos desemprego em massa. E há ainda a redução de cargos de direcção.

 Para continuar o estudo, pode consultar este documento da carga lectiva do 2º ciclo que encontrei no blogue do Arlindo NevesMas mais: a educação visual e tecnológica passará a ser leccionada por um professor e há cabecinhas que querem reduzir as horas de redução da componente lectiva por antiguidade. Só com o fim das ACND, com a passagem das direcções de turma para a componente não lectiva e com a leccionação do EVT por um professos, a redução de horas docentes no 2º ciclo será de 14 por turma. Falta saber o que se vai passar no 3º ciclo e no secundário a este nível.

É evidente que tudo isto deve ser considerado, ainda com mais cuidado, pelas escolas públicas que perderam alunos de forma abrupta.

http://correntes.blogs.sapo.pt/881060.html